Abram os olhos! Os olhos da alma!

Queridos seres da Luz,

Ao alvorecer da nova era, vocês estão cada vez mais dispostos a se entregarem a seus chamados internos, compreendendo que se alinhar com a voz da sua alma fará toda a diferença a partir de agora.

Os velhos padrões e as velhas crenças de sobrevivência devem ser deixadas para trás. Vocês não encarnaram para sobreviver, vocês estão encarnados para VIVER com brilho e plenitude nesse sagrado planeta.

Sim, a Terra ou Gaia (como vocês quiserem chamá-la) é um grandioso ser sagrado que permite que cada um de vocês tenham experiências únicas, enriquecedoras e divinas. Em nenhum outro local do cosmos, vocês teriam esta oportunidade. Ela é única. Reconheçam-na e honrem-na, pois vocês estão no momento e no local certos para desenvolverem suas potencialidades físicas, espirituais e cósmicas.

O desenvolvimento dessas habilidades é algo gradual, não ocorre da noite para o dia. Compreendam isso e como vocês dizem: não coloquem a carroça na frente dos bois (risos). É preciso paciência, comprometimento, responsabilidade e algum tempo para que vocês descubram quem realmente são e a partir dessa descoberta, vivam suas verdades.

Não é uma tarefa trivial, porque para que acessem suas verdades, vocês precisam acessar primeiramente seus corações. O coração é o grande portal interdimensional. É através dele que vocês podem percorrer os planos sutis internos, sua sabedoria nata contida em seu DNA e a vastidão dos planos espirituais. Porém, vocês só conseguem acessar o coração a partir de uma mudança de paradigma completa. Compreendendo que o que seus olhos físicos vêm não são necessariamente mais reais do que seus olhos físicos ainda não conseguem ver.  O novo paradigma solicita que vocês busquem a integração entre o plano físico e o plano espiritual, que vocês compreendam conscientemente que são mais do que um corpo físico, que vocês aprendam a interagir com o plano espiritual como interagem entre os que estão “vivos”, encarnados.

Aos olhos do Criador Universal, todos estamos vivos. O que diferencia é a experiência da realidade. Para alguns a experiência é mais densa, mais palpável. Já para outros, mais sutil e abstrata. Mas, a vida existe para todos: encarnados e desencarnados em Gaia ou seres estelares como nós que aqui falamos.

Enquanto houver essa ilusão, vocês não terão olhos suficientes para nos verem e enxergarem a verdade dentro e fora de vocês. Abram os olhos! Os olhos da alma! Conectem-se conosco. Peçam por essa conexão. Estamos sempre disponíveis para atender a chamada do outro lado do véu, mas vocês duvidam… Por isso, tentem, persistam. Pode não acontecer na primeira vez, mas lembrem-se: vocês estão mudando de paradigma, tenham paciência.

Com amor e bênçãos,

Nós somos Consciências Estelares.


Canalizado por Rosana Kalil em 19/06/2019

Deixe uma resposta